domingo, janeiro 28, 2007

Definir-me.

Gosto de me sentir viva! Adoro ler e escrever, gosto de fadas. Sou uma apaixonada pelas lendas e pela cultura Celta. Sou louca por flores, respeito a natureza e amo tudo o que me rodeia.
Adoro paises de lagos e montanhas.
Se fosse um pais seria a Austria, ou a Suiça. Adoro belas paisagens.
Se fosse uma cor, seria verde ou lilas.
Se fosse uma ave seria uma gaivota.
Se fosse uma flor seria uma papoila.
Gosto de andar de galochas, de me sentir livre.
O que mais me comove: o som do violino, triste.
O poema que mais se identifica comigo: "Cantico negro" de Jose Regio.
Os livros que mais amo: "O principezinho" de Antoine de Saint-Exupery; "O rapaz de bronze" de Sophia de Mello Breyner Andresen, todos os de Augusto Cury, Osho...
Gosto de sensualidade, coisas misticas,espirituais e esotericas.
Aprecio os pequenos pormenores, a chuva, o vento etc...
Adoro momentos intensos, abraços e beijos.
Tenho uma grande dificuldade em lidar com as emoçoes...
Sou muito sensivel.
Adoro Borboletas.
Eu, sou mais ou menos assim...




2 Comments:

Blogger LuzHarmonia said...

Olá Papoila,
Obrigada pela tua visita e pelas tuas doces palavras.
Vim ler-te e... tens razão.
Temos tantos gostos em comum.
Até nas Borboletas. Aliás há quem me chame borboleta.
Gosto de verde e todos os tons de violeta, lilás, adoro osho, mas se fosse uma ave seria um mocho.
Fico feliz com esta "coincidência".
Beijos de Luz

9:08 da manhã  
Blogger Dias... said...

Hoje és muito mais que essas gotas de humildade.
És um lago secreto nos Andes, uma floresta no fim de tarde de Viena, és um pintassilgo no Geres.
Obrigada por seres e por sentires connosco.
Beijo

3:03 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home