sexta-feira, junho 17, 2016

...

Cheira a terra molhada.
Dói o coração: talvez um dia vá partir.
Uma tangerineira ao fundo de um pedaço de jardim.
Alguns paus servem de beleza ao olhar, nunca os contei...
Adoro a madeira, o cheiro a tangerina e amor maior
serás sempre tu: meu Anjo que me secas as lágrimas
e já dizes "mamã".
És o Pomar da minha Alma.
Que as Estrelas lá de cima ajudem neste Caminho.
Há muita Dor...


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home