quinta-feira, março 22, 2007

Pedidos ao Vento.

"Ah, quem me dera que eu pudesse arrancar o coraçao do meu peito e atira-lo na correnteza, e entao nao haveria mais dor, nem saudade, nem lembranças."

Paulo Coelho

Vento Singular... Es sopro que passa e deixa no ar o vestigio da tua passagem. Sinto o teu calor mesmo se nao estas ao pe de mim... Pobre alma, simples, que entrega o seu Ser ao Sonho...

Entrego-te duas petalas de Camelia, cinco sepalas de Rosa vermelha aveludada, duas gotinhas do primeiro orvalho matinal, o mais fresco, junto um pauzinho de Canela, essencia de Jasmim, uma bolota de Carvalho, raspa de maça vermelha e envolvo tudo num grande Laço de Cetim, branco. Faço o Laço com os meus dedos para que ao abrires a fragrancia do meu Ser possas Sentir o meu toque leve, sincero, macio...

Vento que circulas em mim... Peço-te vai, envolve-te, enrosca-te nesse Sonho... Enlouquece-o com o paladar doce e sereno de cada gesto meu... Cada Sorriso rasgado e teu... Gestos de sabor tao intenso como o azul do Ceu... Faz com que o Sonho ouça o Vento primaveril que despenteia as primeiras Rosas, deita as petalas, delicadamente, por terra como se de um leito se tratasse e rasga os meus pensamentos...

Vento nao me leves o Sonho. Nele deposito todo o meu Ser... Um beijo açucarado no meu ouvido, do lado do Sentir faz-me viajar com os passaros, voar ate onde a Alma nao chega, ouço o Som que ha em Ti... Faço despertar em mim emoçoes perdidas e elas voltam quando olho o que te vai no Ser. Es Sonho...

Vento, a Ti, te entrego o meu Ser com a promessa de que me devolvas o Sentir...

- Dizendo isto acordou e uma Lagrima entrou no roupao cor de mel que tinha vestido e consta-se que cada vez que o Sonho a abraça, uma Estrela no Ceu aparece e os Anjos se juntam para que noutra parte do mundo, Alguem transforme a Lagrima em Diamante...

Que o Vento seja como um pincel que varre os caminhos do teu Ser e te levem ao meu Sentir.


* Para Ti.

17 Comments:

Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

Gosto muito de Paulo coelho sabes?

já á algum tempo que não passava por aqui...
como escreves bem... é uma brisa em tarde de verão.. óptimo!

1 beijo =^.^= tarina

9:47 da tarde  
Blogger nemqueirasaber said...

Gostei muito do texto e da imagem.
Confesso que nunca li nada de Paulo Coelho e despertou-me a curiosidade.

10:37 da tarde  
Blogger Anita said...

Que suavidade esta tua escrita. Ainda ontem quando mostrava o teu livro ao meu marido e filho, porque só a Marta o tinha visto e lido, e lhe dizia que realmente há muitos escritores mas é preciso ter um dom para passar aos outros os sentimentos, o que nos vai na alma, e sem dúvida Deus deu-te esse dom. Por isso minha linda usa-o da melhor maneira possível, e sê tu mesma, para que esta tua escrita continue assim, pura, leve cheia de amor e sentimentos.
Já disse cá em casa que quando tiver netos, o teu livro vai ser para eles e serei eu mesmo que lhes lerei a história.
Um óptimo fim de semana para ti linda.
Fica bem. Fica com Deus.
Beijinhos cheio de carinho e amor de todos nós cá de casa,
Anita (amor fraternal)

10:08 da manhã  
Blogger Bugs said...

Delicioso...

Bjs bom fim de semana.

1:40 da tarde  
Blogger Professora said...

Há já algum tempo que sou fã das palavras de Paulo Coelho e tu seleccionas sempre as partes mais bonitas.
Um beijo
Joaquina

2:09 da tarde  
Blogger Miosotis said...

E pronto...aqui estou eu de novo.
Muito obrigada pelo bjinho e pela promessa de voltar :-)
Quanto ao post...meu Deus, acho que não vou arredar pé daqui nos próximos anos....
Tens o dom da palavra!
Transportas-nos!
Nada sei da tua pessoa, mas já percebi o quanto consegues transmitir de sentimentos e sensações, em um punhado de palavras.
Bem hajas!
E continua...deleita-nos com esta maravilhosa escrita.
Deixo um carinho muito grande.

2:44 da tarde  
Blogger SentidoS said...

OLá Papoila!
Lindos, ternos, encantados e poderosos sentimentos, envolvem este texto. Afortunado é o ser, a quem dedicadas estas amorosas palavras.

Beijo Sentido

2:49 da tarde  
Blogger Teresa Calcao said...

Fico encantada com a docura das tuas palavras......
Beijinho

3:32 da tarde  
Blogger veritas said...

Eu sussurro ao vento, ele dulcifica as minhas dores, porque me traz a esperança da regeneração continuada...

Bjs. Bom fim-de-semana.

4:18 da tarde  
Blogger o alquimista said...

Nasceu a manhã
Agita-se a ilha
Tanta emoção
Chegou mais um dia

Quatro palmos de terra
Cobrem estes rochedos
Sete ventos de encanto
Guardam mil segredos

Tantas são as histórias
De lendas, de aventura
Em noites de temporal
Contadas por gente pura

Gente de poucas palavras
Mas de muita convicção
Que vive cada momento
Com sincera emoção

E é com este poema que retomo o contacto após alguns dias cheio de problemas no computador…

Bom fim de semana
Doce beijo

4:52 da tarde  
Blogger Andreia do Flautim said...

Olá Papoila!

às vezes o coração está triste, mas assim podemos dar valor às alegrias!

Bom fim de semana!

6:06 da tarde  
Blogger Je vois la vie en vert said...

Que doçuras as tuas palavras...
O teu blog é lindo.
Um beijinho verde

6:48 da tarde  
Blogger perola&granito said...

Passei para desejar um óptimo fim de semana.

8:39 da tarde  
Blogger Pepe Luigi said...

Agradeço de todo a tua sempre presente doçura.
Desejo-te um bom fim de semana.

Beijihos
do Pepe.

7:44 da tarde  
Blogger }}cleopatra{{ said...

Olá papoila!

Escreves deliciosamente bem, sabias?
Sabias sim!
Adorei cada palavra, cada vírgula, cada reticência...!!
Escrever é um dom que alguns têm e tu, és uma dessas pessoas. Parabéns!

Um beijinho soprado

10:46 da tarde  
Blogger ©õllyß®y said...

Paulo Coelho, esctotor meu eleito...vim desejar-Te tambem um lindo domingo, visto já ser fim de sabado...Bjca doce linda Papoila

Espero-Te: http://olharindiscreto.blogs.sapo.pt

Cõllybry

11:21 da tarde  
Blogger alguem said...

Obrigado novamente pelo tua passagem no meu blog.
Paulo Coelho um dos meus autores preferidos.
Beijo ** :)

11:29 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home