domingo, março 11, 2007

O Xaile de Patchouli.

"When we locked up the house at night, We always locked the flowers outside and cut them off window light." Locked Out, Robert Frost
O oleo de Patchouli teve um surto excepcional durante as decadas de 1960/1970, principalmente entre os devotos do Amor livre e estilos de Vida hippie. O movimento Hare Krishna foi responsavel, em grande parte, pelo estilo de Vida hippie. Acredita-se que o deus Krishna "habita" no Patchouli.
As Sementes de Patchouli sao muito frageis e facilmente destrutiveis. Pode-se propagar, contudo, por estaca: ramos cortados ganham raiz em solo humido ou em agua.
De acordo com a tradiçao Hindu, Krishna e o oitavo avatar de Vishnu. No hinduismo, um avatar e uma manifestaçao corporal de um ser imortal. Deriva do Sanscrito "Avatara" que significa "descido".

Um vulto, figura singular... Beleza impar... Apareces nos meus Sonhos. A mulher e hino de um sonho. Em cada vazio o teu aroma. Es joia preciosa no Sentir. Um Xaile, da India, perfumado com Patchouli. A tez macia, coraçao doce... O mesmo Xaile preto de seda oriental, a tua volta um manto de petalas de rosa brancas dao-te uma aura de misterio. Tens a Seduçao no Ser. Nesta noite de Lua cheia, cada fio dos teus cabelos e reflexo intenso do que te vai no Sentir. Tens penas de magia que o Vento quer espalhar... Nunca te vi o Olhar: estas sempre de costas. Es miragem? Desapareces sempre no momento em que toco nas tuas maos. As tuas maos, seda do mais puro Ser. Algodao doce no Sentir. Toque que me desperta, leva-me de novo para o cume da montanha... Entre a floresta dos Sonhos perde-se o teu Olhar... E eu caminhante, nas veredas da Vida... Com a bagagem da Solidao,

Volta o frio no Sentir. Porque? Podias ficar mais tempo a aquecer o meu coraçao. Quando estas as flores germinam e quando vais elas murcham...

Se como Savitar que faz brilhar a Luz solar, circular a agua e os Ventos. Tens maos de ouro! Cada gesto teu e uma bençao, dança de luz, infundindo Vida em todas as Criaturas. Iluminas o mundo ate ao Horizonte mais longinquo. Deixa-me ver o Teu Olhar, quero voltar a Sonhar... Sem Ti, volto a ser estranha.


13 Comments:

Blogger zoqi1234 said...

hello,I recommend to you the best browser in history,I really loved it,I hope you may want to download and try. thank you.

7:33 da tarde  
Blogger ANKH said...

" ...e assim são as palavras escritas:
possuem um magnetismo especial,
libertam, acalentam, invocam emoções..."

Grande Paz!
Ankh

10:24 da tarde  
Blogger Da Casa da Mathilde said...

Adoras colher sorrisos' Também eu. Por isso mesmo, entrei hoje neste mundo virtual.
Beijinhos

10:25 da tarde  
Blogger Maria P. said...

Em primeiro lugar os parabéns, pois o teu espaço tem um especial encanto. De certeza que voltarei.

Em segundo obrigada pela visita simpática à Casa de Maio, deixo a porta aberta...

Um beijinho*

11:15 da tarde  
Blogger elsa nyny said...

Olá Londa!!
Adorei ler!!
Beijinhso!
:)

2:07 da manhã  
Blogger Anita said...

Bom diaaaa, minha doce Papoila. Mais um belo texto, que nos deixa flutuar e colocarmo-nos dentro do próprio texto. Adoro ler-te. Continua. Deus dá a todos nós, alguns pensam que não, mas todos temos dons que são dados por Deus e tu sem dúvida tens o dom da escrita. Que Deus te continue abençoando.
Uma óptima semana para ti minha linda.
Fica bem. Fica com Deus.
Beijinhos fofuxos,
Anita (amor fraternal)

10:10 da manhã  
Blogger Andreia do Flautim said...

Patchouli faz-me sempre lembrar as minhas aulas de inglês do secundário. Especialmente aquela em que fiz uma apresentação de grupo sobre os hippies. Até fomos vestidas a rigor e tudo;)

4:54 da tarde  
Blogger mago dos sonhos said...

Saudações!

Portentosas palavras, o sentir, os sonhos, os sentimentos, palavras imensas que ao Mago, silencou.

Sonhos Mágicos

5:20 da tarde  
Blogger Miosotis said...

Olá!
Em primeiro lugar obrigada pela visita...é sempre um prazer receber novos convivas no meu modesto cantinho.
Também eu gosto de colher sorrisos...e semear amizades...e regar os jardins vizinhos com torrentes de cordialidade e simpatia. Tal como tu, pelos vistos!
Gostei francamente deste campo de papoilas...
Voltarei certamente para sentir o que por aqui se sonha.
Até lá, brisas amenas baloiçam e beijam as tuas suaves pétalas rubras, enquanto o meu campo de miosotis espreita e se estende dos penhascos agrestes.
Fica bem!

10:54 da tarde  
Blogger Pepe Luigi said...

Senti-me inebriar com o teu maravilhoso texto sobre as virtudes do Aroma de Patchouli.

Um beijinho
do Pepe.

11:00 da tarde  
Blogger Da Casa da Mathilde said...

Este teu espaço tem magia.O poder das palavras escritas.
Beijinhos

12:53 da manhã  
Blogger Anita said...

Oi minha linda e doce Papoila, mais um dia começou. Hoje um pouco mais cinzento mas de uma beleza imensa, as coisas que todos os dias vimos hoje têm uma tonalidade diferente, como que a anunciar a chegada de uma nova estação. A Primavera. Em breve as árvores enchem-se de flores, depois de frutos.As papoilas começam a brotar, os lírios, as margaridas, enfim... Já se sente a natureza a brotar.
Minha linda e doce Papoila, desejo-te um dia maravilhoso onde a paz possa abundar. Muitos beijinhos levados pelo vento que hoje se faz sentir.
Fica bem. Fica com Deus. Deus te abençoe.
Anita (amor fraternal)

10:45 da manhã  
Blogger isabel mendes ferreira said...

e por aqui germina a flor....




da criatividade...










(obrigada)

6:13 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home