domingo, abril 01, 2007

Ferida aberta...

"Tao fragil e a vida, dizia-me a ferida. E um calice finissimo. Uma flor que, a qualquer momento, o vento colhera, uma criança de colo no colo do tempo."
Paulo de Araujo, A dança do Tempo
Bati a porta da Fragilidade, mora do lado direito do Sentir. Perguntei-lhe porque e que ela enviou a Ferida para morar em minha casa.
- Porque e que uma Ferida nos visita? Podera uma Ferida ter Sabor? Nao podera uma Gaivota com a sua subtileza levar a Ferida para outros miradouros?
- A Ferida e um ingrediente para uma visao maior! - Disse-me a Fragilidade, pedindo-me para guardar a Ferida numa caixinha dourada, sem a apagar. A Ferida tem de permanecer nesse cantinho porque os teus olhos ainda nao sao capazes de contar as Estrelas no Ceu...
Peguei num lapis de marfim dourado, o mesmo que me ensinou a desenhar o alfabeto do afecto, o Ser de cada vogal e o Sentir de cada consoante... e desenhei uma flor. Uma flor sente quando a regam. Quem nao tem feridas nunca sentiu!
Acrescentei petalas e sepalas para proteger a flor, imaginei a uniao dos
estames e dos carpelos que a fecundaram. No pedunculo e no receptaculo
coloquei uma boa dose invisivel de Amor, bom suporte para a fazer Sonhar. Quanto a raiz, alguem a semeou, lançou a terra. A mim, Papoila Sonhadora, so me compete desenhar a flor.
- Vou tatuar nesta flor uma Ferida! Mas, que cor, que sentidos pode ter uma Ferida? Uma Ferida tera Sonhos? Poder-se-a despir uma flor?
- Com a força magica da saliva de um beijo sentido, poderas tecer mil caricias a Ferida e torna-la numa flor! - Disse a Fragilidade, la nos Bons Dias, no Paraiso. Pinta-a de roxo, vermelho, azul e algum preto. Diz-lhe que quando sair encoste a porta.
Consta-se que a Ferida ficou, bem recebida pela casa que a acolheu... Cada vez que alguem se beija e uma flor que eu desenho e mais uma Estrela no Ceu...
Pela sua proximidade do Olimpo, as Estrelas levam pedidos aos deuses...

18 Comments:

Blogger Anita said...

Bom dia linda. Ainda bem que a tua ausência foi por pouco tempo. É muito bom saber que estás de volta. Que Deus te acompanhe diáriamente minha linda e doce Papoila.
Sabes que do lado de cá da "telinha" está alguém que gosta muito de ti.
Beijinhos e muitos abracinhos,
Anita (amor fraternal)

10:17 da manhã  
Blogger Dias... said...

Muito bom ter-te de volta e com que vontade voltas-te, lindissimo miuda, parabéns.

Desejo-te toda a saliva necessaria para que a ferida re-ecluda flor uma e outra vez, até não mais conseguir murchar e para todo o sempre te iluminar no ceu nocturno.

Beijinho muito forte (e contente)

11:02 da manhã  
Blogger SentidoS said...

Olá Papoila Encantada!
Sempre um encanto ler as tuas sentidas palavras. Desejo-te uma boa semana.

Beijo Sentido

12:33 da tarde  
Blogger Professora said...

ola minha linda que bom estares de volta. Semore que necessitares de apoio podes contar comigo.
Um grande beijo

Joaquina

12:39 da tarde  
Blogger Felipe Fanuel said...

Ei!
É bom te ver de novo.
Deixa aberta mesmo... Com o tempo cicatriza.
Sucesso!

1:30 da tarde  
Blogger olhos cor do lago said...

Gosto de saber que estás bem...

Beijinhos

1:32 da tarde  
Blogger Por uma lagrima said...

Papoila que brilhas e danças nas escarpas da serra, tens o encanto da Primavera e nas mãos a melodia das palavras.
Regista isto: PROIBIDAS LONGAS AUSÊNCIAS

Beijinho doce de uma lágrima salgada

3:58 da tarde  
Blogger Por uma lagrima said...

P.S.
:)))
Só uma Papoila linda poderia chamar a este "Vulcão" de Serenidade...

:)))))))

4:12 da tarde  
Blogger veritas said...

Saibamos aprender com essas feridas...a vida sem elas não é sentida...adorei a mensagem do texto.

Bjs. Boa semana.

5:09 da tarde  
Blogger david santos said...

Que o teu dia seja igual para toda a humanidade: feliz.

6:12 da tarde  
Blogger }}cleopatra{{ said...

Querida papoila, és mesmo uma alma sonhadora...
Só tu, para falar de uma ferida,( que é algo que tanto magoa)... de uma forma assim, linda e poética!
Mas tens razão, a ferida também é precisa para se saber o valor que as coisas(sentimentos) têm.
Gostei imenso, mesmo!

Um beijinho soprado

8:27 da tarde  
Blogger Reflexos da Alma said...

Olá Papoila Sonhadora ,
Foi um Prazer imenso ter-te recebido na minha Alma ...
Gostei de conhecer este teu mundo sonhador...cheio de leveza e bons aromas...
Visitas mútuas é o que proponho a todas as Almas que me Encontram...
Um Beijo de Alma

11:02 da tarde  
Blogger Jefferson P. said...

Aqui estou... me saboreando das coisa que escreve e posta aqui.

bjsss

1:11 da manhã  
Blogger Anita said...

Bommmm diaaaa linda e doce Sonhadora. Espero que a noite tenha sido boa conselheira e que a chuva forte que caiu possa ter limpo todas as feridas que ainda possam haver. Não há nada que o TEMPO não cure. É só deixar as coisas acontecerem normalmente e o tempo logo vai apagando alguma mágoa ou ferida que possa haver. Minha linda um maravilhoso dia para ti com paz e amor e que tu possas ser sal e luz para todos os que te rodeiam.
Beijinhos perfumados,
Anita (amor fraternal)

8:59 da manhã  
Blogger JPAnunciação said...

BEM VINDA!
É de feridas e de beijos que a vida se compõe, as quais saramos com o nectar do amor.
Muito bom este teu diálogo Introspectivo.
Uma Feliz Páscoa.
Um beijo.

11:45 da manhã  
Blogger bono_poetry said...

QUEM ME DERA SER PLANCTON...
OU COMO CERTAS PLANTAS QUE CURAM...
TODAS AS FERIDAS...PERMANECER INDIFERENTE AOS SOIS..
AOS VENTOS...E A TI PODER CHEGAR E CURAR...
NAO SOU PLANCTON...NEM PLANTA...
ESPERO QUE AS POUCAS PALAVRAS ..
TE FACAM BEM...SE NAO TE CURAREM QUE TE AQUECAM...
E CONFORTEM...BEIJO..FLOR...ESTIVESTE AUSENTE ...NAO O FACAS....MESMO NA SOMBRA DESTA ALAMEDA...HA VIAS QUE SE FAZEM SEM ATRAVESSAR CAMINHOS SEM TRILHO...

2:15 da tarde  
Blogger ©õllyß®y said...

Linda Papoila, as feridas tem sempre um sabor amorgo...convido a visitar meu OlharIndiscreto na sapo, que é o meu blog principal,espero que gostes...grata pelas visitas sempre tão doces...Cõllybry

5:46 da tarde  
Blogger Anita said...

Bom dia linda. Não podia deixar de vir aqui deixar-te os bons dias e desejar tudo de bom neste dia para ti.
Que o sol possa brilhar à tua volta e que tu possas ser luz para os outros.
Fica bem. Fica com Deus.
Beijinhos
Anita (amor fraternal)

12:20 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home