quinta-feira, agosto 23, 2007

Sem abrigo

Pobres... Existe a Pobreza?
O que e a Pobreza?
Onde vive?
Pobres nao sao os que nao tem
quem lhes aqueça o corpo
mas quem lhes incendeie o Coraçao...
Pobres Almas,
vagas de sentido,
naufragas de um tempo perdido
presas a um passado esquecido
Saltimbancos de um futuro esmorecido...
Quebra-se o encanto
de cada vez que a Lua chora
La onde um sem abrigo mora
La onde nao ha Luz
so raiva, so ciume, so azedume.
Coraçao que Sonhos nao produz...
Eterna e a Noite
puro o Coraçao de mel
ao pe de uma lareira
aquece o corpo,
a Alma fria, sem vida
esquecida, perdida...
Sonhador es um Sem abrigo
nas Palavras ves um Amigo.
Gostas de te perder
no Olhar
do simples passante
que na agua dos teus olhos
se sente naufragar.
Quantas vagas?
Quantas ondas?
Quantas mares?
Quanta e a tua dor,
simples pobreza de nao saber Quem es?

7 Comments:

Blogger Ana Caridade said...

Querida, Sandra!
É maravilhoso ler o que escreves! Fico com a minha Alma ainda mais cheia sempre que venho visitar-te(com muita regularidade).
AMO a maneira como escreves mas mais ainda o que escreves.
Fiquei à tua espera pensado que era desta vez :-) Espero que os teus tios-avós recuperem rápido!
Ontem telefonaram-me e fiquei colocada em Ronfe, não sei se já te disse!
Vamos ter muitas oportunidades para partilharmos um pouco de nós!
Para a semana sairei na terça de tarde e voltarei no Domingo para começar já a trabalhar.
Se der para ti antes de terça seria optimo, se não depois na outra segunda!
Fica bem!
Uma doce beijoca

6:52 da tarde  
Blogger Anita said...

Linda que post maravilhoso.
Tens escrito muitas coisas mas este está particularmente belo.
Fica bem. Fica com Deus.
Beijos
Anita (amor fraternal)

7:45 da tarde  
Blogger Flôr said...

A maior pobreza... é a pobreza de espírito!

Quantos pobres há... que são tão ricos!

Uma forma diferente e poética de abordares um tema tão delicado e tão frequente.

Abraçinhos GRANDES envoltos em sonhos prateados da admiradora Flor

1:48 da tarde  
Blogger O Profeta said...

Pior do que a pobreza financeira, é a pobreza de espirito, pior do que não ter bens materias é não ter uma mente sã...


Bom fim de semana

2:35 da manhã  
Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

Que bonito texto...
Penso muito neles também...
Triste a sorte deles...
Uma bonita homenagem a todos os que vivem sem um tecto...

Um beijinho =^.^=

10:22 da tarde  
Blogger Noite said...

é assim que a alma se alimenta e o corpo se aguenta às agruras da vida.

1:00 da tarde  
Blogger krystyna said...

Beautiful old people are on your photos. Honor to be with them.

8:58 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home