terça-feira, março 25, 2008

SEMEADOR DE SONHOS

"Tenho de aprender a dançar, transformar em musica a volupia, a sensualidade em prece. Entao poderei amar sempre, entao nao serei obrigado a repetir inutilmente o que ja foi. E este o caminho que quero seguir." Hermann Hesse

Opacidade de Seres, deambulantes da Vida em desalinho. Caminhantes sem Norte... Pes e maos sem direcçao, Filhos do Vento perdidos... Ha um Mundo Vazio, mundo de imitaçoes e copias servis... Ausentes Almas feridas de sentimentos e sentidos despidas. Nudez sem beleza que nada gera... Mas Tu, Semeador de Sonhos, vives a parte... Cruzas as pernas em passos lentos, os braços acompanham os teus movimentos, obedecendo a lei maior. Vestes uma tunica tatuada de delicados momentos, fina cambraia de outros lugares... Diz-me: - Quem teceu cada fio do Amor teu? Quem desenhou o Sentir? Quem arquitectou o Ser? Nao te vejo a face mas conheço o teu olhar desenhado em cada petala, cada verde manto que cobre a humida e negra terra e uma metafora do rasgo do teu Ser... Imagem perfeita de Anjo na Terra... Das tuas maos, do teu suor, da tua inspiraçao cai a Agua que faz crescer o que o vazio, poeira da negra terra insiste em ofuscar... E essa Agua que da Nome ao luar, as flores... E ela que alimenta os maltrapilhos e mesmo os outros, os que ja possuem Nome e nao o sabem valorizar. Ergo as maos e peço que te guiem ceus encobertos, que a melodia dos Anjos te deixe de animos desperto e que na vacilez e inocuidade tremula das tuas maos, coloque uma varinha de condao e te faça SER e SENTIR... Peço que nada deixes fugir, sem que lhe acrescentes Sabor porque tu, Semeador de Sonhos das ao mundo Vazio um rasgo de cor, apascentas os prados da Alma e o Coraçao fazes dançar essa dança de Anjos que so quem semeia, sabe colher, saborear...

3 Comments:

Blogger Ana Caridade said...

Muito bonito... pronfundo!
Quem me dera Acreditar no momento.
Beijocas no coração

10:27 da manhã  
Blogger SentidoS said...

Há quem ame a fábula, natureza do céu. Há quem caminhe ao favor da maré, vento, sol, ocaso e fé. Digo-te, estas veredas ao favor, sabor de elementos que vivem somente num sentido, numa rotação estacionária (espero que entendas esta), a mim, nada me dizem. Está tudo lá, sempre esteve desde o começo dos tempos, que mais há lá para aprender? Agora, o caminho inverso, bem, esse sim, é um horizonte inexplicável, enigma. Que se esconde no sentido inverso da maré, vento, sol, ou até mesmo da própria fé? Preciso é, lutar é, para remar e entender a polpa das coisas, mas bem sabes, isto sou. Semeador de sonhos, não é aquele que acorda numa manhã e pensa...ah! hoje vou escrever um sonho...mas sim, aquele que na hora paralisa o corpo, viaja no desenho da sombra, e pergunta a si mesmo, porque razão fez Deus o direito e avesso dos elementos. Sim, porque há muita boa alma que isso esquece, também há, o direito e avesso da natureza, sonho, alma e coração. Para mim, são estas, as solas dos meus pés, calo e unha, para mim, é esta a biologia de um semeador, caminhante...

bem hajas...sempre

1:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Adorei o post!

Já que estamos falando da arte de sonhar, dêem uma olhada neste video do youtube http://www.youtube.com/watch?v=hyaX3JgPLVk, ou acesse o site www.meus3desejos.com.br. Tenho certeza que vocês irão gostar.

Abs.

3:15 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home