quinta-feira, abril 17, 2008

CENTEIOS DO SER

"Ninguem sabe que coisa quer, ninguem conhece que Alma tem, nem o que e mal, nem o que e bem. Tudo e incerto e derradeiro. Tudo e disperso, nada e inteiro." Fernando Pessoa in Mensagem

Quem sabe como se ama um Coraçao? Qual o Olhar que o segura na mao? Que Segredos esconde esse cofre, despoletador de tanta emoçao? Caminhas sem saber o que querer, desconheces o tamanho da Alma que nasceu so para te merecer. Na incerteza vestes o Coraçao de Paixoes derradeiras e sem guia. Dispersas o Azul que vive no amago do teu Ser

e nesta ansia de prazer das cor aos Rios, aos Mares e ao Ceu, mesmo sem o saber. Cobre-te um lençol que Morfeu para ti mandou tecer. Vives o Desejo mais profundo que mora para la do que a Vida te ofereceu. Tantos sao os Segredos, ramais nas maos da Noite... Imensos verdes ramos que de ti nascem, das raizes mais negras do teu Ser e se erguem como haste em direcçao ao Ceu...

Sussurra o Vento suaves palavras de bem - querer... Sopra de mansinho nos Telhados de quem nao teme saborear o Sentir, partilhar o Ser. Crescem Rosas Selvagens nos campos de Centeio, dentro de Ti! Rosas desenhadas no Silencio, tatuadas na tua pele, revestindo o cofre da tua emoçao... Nos centeios do Ser ouves o Silencio do espirito, aquele que o ouvido jamais alcançara. Ninguem sabe como se Ama um Coraçao. Jamais alguem soube? Nao ha Messias para o Amor. Mas, quem conhece os Centeios do Ser sabe que em todos os sitios que Amar ficara para sempre tatuada, com uma pena de Condor, uma restia de Sentir... Porque lugar Amado e lugar Sagrado.

3 Comments:

Blogger Tygogal said...

See Please Here

4:04 da manhã  
Blogger Ana Caridade said...

As palavras não conseguem sair! As palvras não saem em forma de escrita... secou, momentaneamente, a companheira pena com a qual me sento e converso sobre o Ser, Sentir e Sabor!
Amei simplesmente! Amei!
A Beleza preenche-me a Alma... esta Alma que vagueia neste Rio em busca do Mar!
Beijocas de sempre

9:52 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

A Beleza preenche-me a Alma...
Será?
SANDRA FERREIRA

4:50 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home