sábado, junho 23, 2007

Espelhos e Sonhos: Amor dividido...

Usaste a força magnetica do Espelho, Rainha das aguas doces! Fazes deste instrumento a tua arma para o Amor... Aprendeste artificios que desconheço, es Mulher Guerreira, travaste uma luta, saiste vitoriosa. Es Mulher de Sublimes talentos, forças ocultas navegam no teu ditoso Ser. Esqueces-te que tu lutas com Espelhos e eu com alvas e sinceras palavras, vindas do fundo do meu Ser e Sentir... Recupero coberta com um manto, sentada no degrau inferior da escada hierarquica da Solidao, olho para a minha mao e meditando fico a espera do que ha-de vir, porque o que esta escrito nas estrelas tem de se cumprir...
Cada uma usando seus talentos, luta com as armas que possui. Porem, uma Alma Sonhadora nao manipula, recusa artificialidades, faz Magia com os Sentidos... Tu, vives nas aguas doces, eu sou Rainha na Solidao, sou dona dos Pantanos, a Morte tenho em minhas maos... Eternas sao as duas Belezas femininas nas maos do Tempo. Ha dias em que no profundo Ceu, ambas dançamos a dança com o mesmo Amor... Nem espelhos, nem palavras podem mais do que o Tempo. Profecias revelam que o que tem que Ser e forçoso que seja, tu com a dança da Magia, cabelos de fogo,

eu, caminho sem rumo, como boia ao sabor do Vento, deixo o meu Sentir nas maos do Tempo, nem espelhos, nem palavras podem ditar leis maiores... Coloco na cabeça um diadema de flores, no olhar a certeza de te Amar e no coraçao o calor de Viver,


Belezas diferentes! Neste espaço vazio entre um tempo e outro, cedo lugar ao Sonho, lugar so meu, que tantos em mim deixa habitar... A unica certeza e a de Alma pedinte que nas maos do Sonho implora Amor,

13 Comments:

Blogger Felipe Fanuel said...

Todos os sentidos em ação... É hora de ler uma postagem da Papoila!

Esse tom feminino dos teus escritos enche teu blog de requinte.

Bjs.

12:41 da manhã  
Blogger Dias... said...

Assino por baixo de todos os Replys que recebeste e vais receber.

De meu deixo apenas um DIVINA.

Beijo

1:42 da tarde  
Blogger poetaeusou said...

/
ao sabor do vento
/

8:06 da tarde  
Anonymous anita said...

Linda já tinha saudades tuas.
Beijos do coração.
Que bom que é ler-te.
Uma óptima semana que vai começar.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

8:35 da tarde  
Blogger Reflexos da Alma said...

Olá Sandra !

Como sempre Gostei !!!

Beijokas e votos de uma Boa Semana!

10:06 da tarde  
Blogger brisa de palavras said...

Ó teu texto fez-me lembrar a alma cigana...talvez pelas imagens e o cabelo ao vento!
um abraço
brisa de palavras

10:46 da tarde  
Blogger Paula Nogueira said...

É a procura que todo o ser humano faz: amor!
o grande segredo e senti-lo dentro de nós e sabermos que o amor existiu sempre aqui: dentro do nosso coração!
Adorei!!!
Bjs carinhosos

10:52 da tarde  
Blogger Flôr said...

Boa noite doce papoila,

hoje passo para te deixar o meu beijo doce e florido.

Não tenho oportunidade de ler com atenção o teu post de hoje, mas voltarei para o fazer.

Flor :))

12:48 da manhã  
Blogger mago dos sonhos said...

Saudações Sonhadora!
Saudações a Todos!

Existem sentires, que à firmeza do solo mais consistente do Universo estremecem, que ao obstinado e libertino cometa arrefecem, e este, é um exemplar que os elementos, não mais esquecem. Para o humilde Mago, este tem um sabor diferente, não para ele, mas sim para ti. Não quero remar contra a maré, com tudo aquilo que outrora aqui foi dito, sim, as palavras são belas, mas há que ler nas entrelinhas ou será, que ninguém reparou no confronto destas duas e antagónicas entidades? Na quietude do passado, reli e revi, que ninguém o leu com a visão de um pensador, ou melhor, com a visão de um ser sentido. O que aqui contas é do mais perfeito, uma viagem nos espelhos da tua alma, em retalhos dividos nos reflexos fugazes do teu ser, muitos, não o sabem deste modo ver e muito menos entender. O Mundo antagónico, por mais que o tentemos esconder, ele procura viver num disfarce interrupto na nossa consciência, porque ele está enraizado, alicerçado e encarcerado na nossa alma, somos todos perfeitos, mas ambíguos ao mesmo tempo. Fizeste algo, que muitos designam de "fútil", sim, porque não crêem nas benesses que poderão advir do seu auto-conhecimento, ou seja, uma profunda e verdadeira visão no abismo da tua alma. Quanto ao amor continua a sonhar, porque ele não morre, ele aguarda somente.

Sonhos Mágicos

1:41 da manhã  
Blogger Mário Margaride said...

Olá,

Obrigado pela visita ao meu cantinho.

Os nossos sonhos: são o reflexo dos nossos anseios e emoções.

Beijinho doce...

2:30 da manhã  
Blogger Miosotis said...

Sempre bom passar por aqui...
Boa semana.
Beijos e miosótis

3:03 da tarde  
Blogger A.S. said...

Os teus textos são verdadeiramente contagiantes! Transportam-nos para mundos onde as emoções nos fazem ser verdadeiras personagems...
A tua forma de escrever é talentosa!


Um beijo!

5:58 da tarde  
Blogger Ana Caridade said...

Sandra,
Que maravilha!!!
Que delícia de balsamo para a alma!!!
Que beleza de escrita e sensibilidade de MULHER!
É mto bom encontrar um local em que o sonho, a reallidade e o SER se mesclam!
Beijocas

2:02 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home