quinta-feira, agosto 19, 2010

Hoje vejo-te: Eternidade.

(foto de Mattijn's)
A Eternidade que sempre busquei no olhar dos outros acompanhou-me sempre nas pontas dos dedos, sem nunca ter sido carne, mostrando-me a imortalidade do Sentir.

4 Comments:

Blogger Wanderley Elian Lima said...

Um tanto complexo, porém lindo.
Bjux

2:38 da tarde  
Blogger Wanderley Elian Lima said...

Complexo, na medida em que cabe várias interpretações. Simples assim srsrsrs
Bjux

10:48 da tarde  
Blogger Nildes Sobral said...

Bonito!

1:10 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Sr. Nildes Sobral: seria interessante autorizar o acesso ao seu perfil - gosto de saber com quem me "misturo".
Grata
Sandra

9:31 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home