quinta-feira, julho 26, 2007

Amor, ermita da Solidao.

"A essencia das rosas invade o peito do homem e ele se apazigua no perfume. Mas se um pinheiro uiva no vento o coraçao do homem cerra-se de inquietude. No entanto, ele dormira ao lado dos pinheiros uivando e das rosas recendendo..."
Vinicius de Moraes, O incriado

Um ermita, um pobre ermita, rico de sentimentos. Cansou-se da Solidao, expulsou-a do Coraçao.

-Vai pequena Escuridao que me impedes de Ser. Voa como uma Gaivota branca nas suaves maos dos ventos. Torna-te junto de quem necessita, mestre de grandes talentos. - A Voz que a Solidao moldou, entoando um grito do mais profundo da Alma, a Solidao expulsou.

Consta-se que esta, de braços abertos, recebe os raios da Luz, percorre caminhos inospitos, a procura de par, vagueia ao lado do tempo, nas margens do vento, repousa nos mansos ribeiros do Sentir... Mas, ate hoje nao largou o escuro porque nao encontra quem a faça Sentir...
Alma e Solidao caminham lado a lado, de maos dadas,
pelas estradas da vida, sem par e todos os que com elas se cruzam, ou Sonham os Sonhos que a Noite anseia Sonhar, ou deixam durante o dia os Sonhos nas margens dos mansos ribeiros, naufragar...
"De nada vale ao homem a pura compreensao de todas as coisas, Se ele tem algemas que o impedem de levantar os braços para o alto. De nada valem ao homem os bons sentimentos se ele descansa nos sentimentos maus. No teu purissimo regaço eu nunca estarei,..."

4 Comments:

Blogger Anita said...

Linda boa noite. Estou de volta. Foi bom estes diazitos fora. Deu para descontrair, arejar e não pensarmos muito no que nos espera amanhã.
Linda depois escrevo-te com mais calma.
Vim só deixar-te muitos beijinhos pois estava cheia de saudades. Já há algum tempo que não passava por aqui. Espero que esteja tudo bem contigo.
Uma noite com muita paz e amor. Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

10:02 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sandra, a Solidao e um sentimento complexo e psicologico. Solidao nao e ausencia dos outros, mas a carencia dos nossos mais reconditos sentimentos porque a maioria das emoçoes, dos sentimentos, dos medos e das inquietaçoes temos que suportar de forma solitaria...
Vinicius de Moraes? Hummm, conheces o poema "Ausencia": "Eu ficarei so como os veleiros nos pontos silenciosos"?
Beijinho de admiraçao pela Pessoa Deslumbrante que es...

9:50 da manhã  
Blogger Felipe Fanuel said...

Este teu escrito é coisa para ler e reler. A alma está aqui traduzida em prosa das mais poéticas. Só não sente quem não quer sequer olhar para tela e juntar letras para deixá-las entrar coração a dentro. Coisa linda isso aqui!

Bjitos

1:55 da tarde  
Blogger sa.ra said...

Gostei muito do texto...
pressente-se a distinção entre solidão e "ser só"... pressente-se

beijinho
dia muito feliz
tem um bom fim-de-semana!

6:27 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home