sexta-feira, agosto 03, 2007

Cenario de Amor

Quando o Sol ja nao for uma estrela e as montanhas deixarem de ter neve, descerao sobre a Terra todos os passaros, alegremente cantando, muito confiantes de que o Amor ira prosperar sobre os leitos de urze, num vale de fetos, ao sabor da terra humida... Todas as flores desabrocharao e a Terra sera coberta de um manto de lindas cores cintilantes, as cores do Amor. O cheiro das Rosas e do Jasmim juntar-se-a ao aroma das Laranjeiras em flor e todo o mundo sera a metafora da petala esvoaçante, sendo ela mesma a Personificaçao do Amor. E tu, Mulher, guardaras em ti a imagem de um instante: Quando o azul do ceu, tocar o azul do mar tudo acontecera num breve e sentido pestanejar...
Ate la, deixo-te uma linha dourada para que possas coser os teus sonhos com o fio do luar, deixo-te um espaço de Sentimentos para que possas visitar e neles encontres um sonho que te faça demorar porque de cada vez que eu sinto o teu cheiro no ar, uma folha de eucalipto, ao pe desse templo de Amor, solto um gemido que me faz falar as arvores, perguntar aos riachos, chamar os passaros e sussurrar letras de encanto, como faz o Vento quando beija a folha... Salto da objectividade da vida e escrevo profecias na tela dos ceus, fico serenamente a espera dos momentos teus, momentos meus, guardados nas maos de Deus,

Dizendo isto, a voz que comanda o sopro da vida mostrou-me o rio subterraneo que em mim mora, que "os poemas sao passaros que chegam nao se sabe de onde e poisam no livro que les. Quando fechas o livro, eles alçam voo como de um alçapao. Eles nao tem pouso, nem porto; alimentam-se um instante em cada par de maos e partem. E olhas, entao essas tuas maos vazias, no maravilhado espanto de saberes que o alimento deles ja estava em ti." Mario Quintana,

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Se eu pudesse ser o mar, abraçar-te-ia todos os dias nesse cenario imperfeito que e um monologo. Os sentimentos que em mim despertas...
Beijinho de admiraçao

6:18 da tarde  
Blogger elsa nyny said...

Lindo momento!

beijinhos!

12:13 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home